DORMI A NOITE TODA - ROTINAS, SWADDLE e CHORO


ROTINAS 
Acredito muito no poder das rotinas. As rotinas devem ser feitas de forma consistente - todos os dias, às mesmas horas, e com a mesma cadência - desta forma os pequenos conseguem prever o que vai acontecer a seguir. Esta capacidade de antecipar ajuda-os a perceber o que esperar e a confiar que os seus cuidadores vão conseguir satisfazer as suas necessidades, o que lhes transmite um profundo sentimento de segurança. 
Eu começo as rotinas assim que saio da maternidade. E vou ajustando os horários conforme vão crescendo (as necessidades de um recém-nascido são diferentes de um bebé de um mês, dois, seis,... e adiante), com pequeninas mudanças.

Esta foi a rotina da primeira semana:
7:00h - mamar
8:30h às 10:00h - sesta
10:00h - mamar
11:30h às 14:00h- sesta 
14:00h - mamar
15:30h às 17:00h - sesta
17:00h - mama uma maminha
18:00h - banho
18:15h - mama a outra maminha
19:00h às 21:50h - dormir
22:00h - mamar
O sono diurno não deverá passar das quatro horas e meia e durante a noite costumam acordar duas vezes para se alimentarem (situação que vai reduzindo conforme vão crescendo)

A rotina agora com três meses:
7:00h - mamar
09:00 às 09:45h - sesta
11:00h - mamar
12:00h às 14:15h - sesta
14:30h - mamar
16:30 às 16:45/17:00h - sesta
17:00h - mama uma maminha 
18:00h/18:15h - banho
18:30h - mama a outra maminha
19:00h às 22:20h - dormir
22:30h - mamar
O sono diurno é reduzido para cerca de três horas, consegue estar mais desperto e não acordam durante a noite (exceto nos picos de crescimento ou raras exceções) 

Os horários das rotinas que utilizo são do livro "o livro do bebé feliz" da Gina Ford

SWADDLE OU "CREPE" 
Nos primeiros dois meses sempre que coloco o bebé para dormir envolvo-o numa manta - swaddle. O bebé fica estilo "crepe". Acredito que este método ajuda-o a dormir melhor, pois evita que o bebé acorde devido ao reflexo de moro - resposta do sistema nervoso do bebé quando ele perde a sensação da segurança que a limitação do espaço físico promove. 
A partir dos dois meses envolvo-o apenas por debaixo dos braços porque é entre os dois e os quatro meses que o síndrome de morte súbita atinge o auge e o sobreaquecimento é um dos principais fatores de risco (nunca fiando).

CHORO
Um bebé chora, já se sabe! Mas quando um bebé chora não quer dizer que esteja em sofrimento. O choro é a sua forma de comunicar e de pedir para que satisfaçam as suas necessidades. Choram por fome, sono, desconforto, cólicas, birras, consolo, tédio,... choram porque sim e porque não.  
Em relação ao dormir, nos primeiros tempos barafustavam quando os envolvia no swaddle e também quando os colocava no berço. Coloco-os no berço ainda acordados. Nunca choraram mais que 10 minutos (e 10 minutos parecem uma eternidade). Mas lá se acomodavam e acabavam por adormecer. 
Ainda hoje, quando começo a envolver o António no swaddle ele já vai barafustando e reclama quando o coloco no berço mas assim que saio do quarto e fecho a porta cala-se (sabe muito).

Posts anteriores


O REI VAI NU também está no FACEBOOK e INSTAGRAM

8 comentários:

  1. Boa noite, nas horas em.que o seu filho não está a dormir e /ou mamar o que faz?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria,
      Nessas horas costumo estimular o desenvolvimento do pequeno - brinco, converso muito com ele, canto,... E depois da mamada das 14:30h vamos um bocadinho passear. A sesta da tarde ele costuma fazer na rua enquanto vamos buscar os irmãos à escola.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Boa tarde,
    tenho um bebé com 3 meses. Também sou adepta de rotinas, mas não tão restrita nos horários (sou mãe de primeira viagem e a minha inexperiência reflecte-se nisso). No entanto, mantenho sempre o mesmo padrão nas tarefas do dia-a-dia e penso que até não tem resultado mal. Após adormecer por volta das 21.30h, faz sempre um sono de 4/5 horas. Mas invariavelmente ao fim desse período acorda com fome, parece-me. A partir daí acorda de 2 em 2 horas. O seu filho não acorda a meio da noite? E se acordar o que faz?
    Ainda outra questão, amamenta em livre demanda e qual a sua opinião sobre isso? Neste momento amamento em livre demanda e compreendo e até defendo a importância da mesma. No entanto, o reverso da medalha parece-me não ser necessariamente positivo: o bebé cria rotinas de alimentação? Será que não come em excesso, podendo provocar uma dilatação do estômago e ganhando uma certa tendência para o excesso de peso (não sei se isto faz algum sentido, mas a mim dá-me que pensar)? O meu bebé nasceu com 4kg e actualmente com 3 meses pesa aproximadamente 6kg...tenho receio que esteja a engordar demasiado...Obrigada pelas suas partilhas.
    Cátia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cátia,
      Não, o meu pequeno já não acorda durante a noite. :) salvo raras excepções (picos de crescimento -que falarei no último post - ou doença). Teve um pico de crescimento quando fez três meses, logo na primeira semana. E durante a mesma estava a querer mamar de duas em duas horas.
      No entanto se acordar (fora as situações acima mencionadas) aguardo 5/10 minutos para ver se ele volta a acomodar-se e adormece, se não, dou-lhe apenas uma maminha (e rápido -5/10 min) sem ligar as luzes e com o mínimo de estímulo possível.
      Sinceramente não sei se o meu método pode ser considerado livre demanda, uma vez que eu é que estabeleci os horários para a alimentação. :) Também tenho dúvidas a esse respeito, mas mais no sentido de - sempre que ele chora é fome? - o que não me parece. Não há dúvidas que a maminha ajuda a suprir as necessidades alimentares e psicológicas. Em relação à última um colinho bem junto ao corpo, perto do de forma a que ele sinta o nosso batimento cardíaco, também pode satisfazer essa necessidade. Por isso é que cada vez que o coloco a mamar deixo-o ficar bastante tempo. Depois, o facto de alimentar-se mais durante o dia faz com que esteja satisfeito e durante a noite não tenha necessidade de acordar para mamar (eu acho).
      Acho que não precisa de se preocupar com a sobrealimentação se ele se alimenta de leite materno, pois a digestão é rápida e a sua constituição é de cerca de 90% água. Os bebés, nos primeiros meses, aumentam de peso de forma considerável. Se estiver dentro dos percentis está tudo bem. O meu António nasceu com 3kg e agora, também, com 3 meses já tem quase 6kg.
      Acho que respondi a tudo... ;)
      Beijinho e tudo de bom


      Eliminar
  3. Ola Olga, antes demais gosto imenso do seu blog! Estou a tentar aos poucos estabelecer uma rotina, a minha bebe tem dias :) gostava que dormisse menos durante o dia e tento brincar entre as mamadas mas ela adormece sempre logo a seguir e quando volta a acordar é para pedir maminha outra vez. É caracteristica dos primeiros tempos ou consigo ter algum tempo durante o dia para a estimular? Isto porque dorme lindamente no berço durante o dia e à noite esta sempre mais desperta e berço a muito custo. Gostava de a entreter mais durante o dia para a habituar ao descanso da noite. A alimentaçao estou a fazer livre sem nunca passar das 3h quando ela adormece, normalmente esta a pedir de 2h em 2h. Obrigada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Joana,
      Obrigada!
      A minha opinião é que os bebés muito pequeninos não aguentam (e não devem) ficar muito tempo acordados. Um bebé de suas que é muito estimulado facilmente fica irritável e inconsolável, principalmente ao fim do dia. E depois quando está com sono vai lutar contra este e torna-se complicado acomodar-se para dormir.
      O meu conselho é que durante o dia de-lhe de mamar com luz, vá conversando e aos poucos, conforme a pequenina vai crescendo vai ver que vai ficar mais interessada em socializar.
      As mamadas do fim do dia faça num ambiente calmo, com pouca luz, não converse nem mantenha contacto visual para não estimular a pequena. Durante a noite estas devem ser rápidas, quase nenhuma luz (a suficiente para que consiga ver) e com o mínimo de estímulos possíveis, mude a fralda caso seja mesmo necessário e volte a colocá-la no berço.
      Se for consistente e persistente vai ver que aos poucos a pequenina irá estar mais desperta durante o dia e dormirá mais durante a noite.

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Olá Bom dia! sou mae de primeira viagem, tenho vivido os dias aprender dia após dia!
    a minha bébé tem 2 meses e desde que veio para casa tentei implementar a rotina do banho ao final do dia para dar o click de que o dia terminou. Ela nunca trocou horário dorme períodos nocturnos maiores(minimo 2h e ás vezes vai ate ás 4h) do que de dia (faz apenas sonicos rápido de 30m a ate 2h). Com 1 mes comecei a implementar tb a rotina diária a levantá-la sempre a mesma hora e fazer sempre a higiene dela, brnicadeira e vesti-la e depois o dia vai prosseguindo entre mamadas e sestas. O que noto é que ela própria tb já tem o seu próprio relógio e vamos fazendo sempre os mesmo horário de mamadas e sonos diário ás mesmas horas em rotina. O meu problema começa ás 17h que ela desata numa birra de sono e cansaço e nao consigo fazer com que descanse um pouco antes do banho que normalmente dou pelas 18h, com a birra teima em nao mamar nem antes nem despois do banho e demonstra muito sono. O banho corre bem sem choros mas após este qd lhe pego para a tentar adormecer desata num choro que vai aumentando e está nisto das 18h30 até ás 20h. Não consigo que ela pare, e depois desta birra toda junta-se a fome e nao mama porque esta cansada e tem sono, um ciclo. A única maneira de a fazer sossegar é tentar acalmar nem que seja 10m no colo a dormir e depois sim aceita a mama e coloco no berço e dorme, depois dorme cerca de 4h e depois faz o restante da noite acordar de 2h em 2h para mamar. Porque ela me faz isto todos os dias? pode ajudar-me? como posso contornar isto? É um choro grande e vai ate ao limite é desesperante :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá CF,
      Pelo que descreve parece-me das duas uma:
      Ou são cólicas (a maior parte destas dão-se ao fim do dia)
      Ou está de tal forma cansada que luta para comer e dormir - bebés pequenos cansados têm de libertar de alguma forma o excesso de estímulo acumulado durante o dia e fazem-no através do choro inconsolável ao fim do dia. Com dois meses os meus pequeninos nunca ficavam acordados por mais de duas horas seguidas e se isso acontecia ao fim do dia estavam assim como descreve - irritáveis e inconsoláveis - e também levavam quase duas horas para adormecer num berreiro sem fim.
      A minha sugestão é que observe o comportamento da sua pequena. No caso de cólicas geralmente os bebés cerram os punhos e mexem energicamente as pernas (cima, baixo, cima, baixo) a barriga fica dura e se massajar, flector as pernas em direção à barriga ou passar a cânula do bebé gel em movimentos circulares no anus (atenção que deve cortar a bisnaga e retirar o gel de forma a deixar passar o ar) vai ver que liberta os gases e muito possivelmente faz cócó.
      Se for por excesso de cansaço a minha sugestão é que tente que faça uma pequenina desta por volta das 16h.
      Eu costumo dar uma maminha as 17h, depois dou o banho por volta das 17:45/18h e às 18:15/18:30h dou a outra maminha no quarto sem barulho e com muito pouca luz. Às 19h deito-o na caminha.
      Espero ter ajudado.
      Beijinhos

      Eliminar